Brasil  

Youssef diz que outro doleiro distribuía dinheiro a políticos

.
Do Congresso em Foco
.
imagesEm depoimento à Justiça Federal, em Curitiba, o doleiro Alberto Youssef disse ontem (10) que mantinha uma conta bancária conjunta com o ex-deputado paranaense José Janene, morto em 2010. Ex-líder do PP na Câmara, Janene era um dos réus do mensalão no Supremo Tribunal Federal e foi responsável pela indicação de Paulo Roberto Costa para a diretoria de Abastecimento da Petrobras.

De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, Janene determinava o pagamento de propina a agentes políticos e públicos. Youssef contou que recorria a outro doleiro em Brasília para fazer os repasses de dinheiro: Carlos Habib Chater, dono de postos de combustíveis na capital federal. Chater também foi preso na Operação Lava Jato. A maior parte do recurso, segundo ele, vinha do caixa de empreiteiras.

Segundo o jornal O Globo, em depoimento também prestado ontem em Curitiba, Chater negou atuar como doleiro ou entregar dinheiro a políticos a pedido de Youssef. Ele disse que repassava valores para motoristas e contas indicadas pelo amigo.

Mais sobre a Operação Lava Jato

Deixe um comentário