Mundo  

Vilarejo rural na Espanha ganha prêmio histórico em loteria

 

Todos menos um morador de Sodeto saíram com uma porcentagem do prêmio de US$950 milhões e a sensação vertiginosa de que, em meio à crise, a vida lhes ofereceu uma segunda chance.

Apenas algumas semanas atrás, as 70 famílias de uma aldeia rural isolada no noroeste da Espanha estavam lutando sob o duplo golpe da crise econômica espanhola e dos estragos causados por uma grave seca.   Alguns estavam até pensando em ignorar a enorme loteria de Natal espanhola, conhecida como ”El Gordo”, que é uma espécie de obsessão nacional. Mas eles compraram bilhetes por pura lealdade à associação de moradores da vila, que lucra uma pequena porcentagem na venda de bilhetes.   E então, no dia da escolha do bilhete premiado, seus números começaram a aparecer nas bolinhas brancas.   Todas menos uma família em Sodeto ganharam uma porcentagem do prêmio de US$950 milhões, o maior da história da loteria espanhola. Alguns dos moradores de Sodeto, em sua maioria agricultores e trabalhadores da construção civil desempregados, ganharam milhões. Os menos afortunados saíram com um mínimo de 130 mil dólares – e a sensação vertiginosa de que a vida, em seus caminhos misteriosos,estava dando-lhes uma segunda chance.   Foi uma das raras boas notícias em meio à implacavelmente sombria crise econômica europeia, em que a Espanha tem sido um dos países mais atingidos. Mas não veio sem seu próprio custo: a aldeia — até então apenas um pontinho esquecido no mapa da Espanha, a cerca de três horas de Barcelona, ??tem sido varrida por vendedores,banqueiros e caçadores de fortunas.   Em uma manhã recente, comerciantes brotavam por toda a parte: banqueiros em ternos ofereciam altas taxas de juros, vendedores de automóveis falavam em BMWs e corretores de imóveis iam de porta em porta.   O dia do anúncio da loteria foi uma loucura coletiva, disseram os moradores, à medida que eles perceberam que seus vizinhos também haviam ganho o prêmio.

Quando a notícia se espalhou, os agricultores se dirigiram às pressas para a cidade em seus tratores. O prefeito, Rosa Pons, usou um megafone para felicitar a população. Anica Bordei, a gerente do café da cidade, correu para a rua de meias com buracos nos dedos dos pés. E no que pareceu menos de 20 minutos, os banqueiros estavam no local para recolher os bilhetes premiados e, em seguida, a imprensa local apareceu.   A loteria, estabelecida pela primeira vez em 1812, é um grande evento na Espanha. Muitas pessoas tiram a manhã de folga para assistir a cobertura televisiva dos números sendo retirados de uma gaiola dourada giratória. A Loteria da Espanha recebeu 1.800 bilhetes premiados com o mesmo número e  cada um recebeu US$ 520 mil. Como o ingresso custa 26 dólares cada, eles são muitas vezes divididos em participações de US$6,50.   A associação de moradores de Sodeto vende os bilhetes a cada ano e, normalmente, lucra  cerca de US $ 1.300, que usa para pagar pela produção de festivais locais. Este ano os ingressos vendidos pela associação acumularam um total de mais de US $ 150 milhões em prêmios.

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Deixe um comentário