Vereadores aprovam afastamento temporário do prefeito de Campinas

Elaine Patricia Cruz
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Os vereadores de Campinas (SP) aprovaram na noite de hoje (19) o afastamento temporário do prefeito Demétrio Vilagra (PT). Com 28 dos 33 votos possíveis, os vereadores decidiram pelo afastamento do prefeito pelo prazo de 90 dias, tempo necessário para que sejam concluídas as investigações que estão sendo conduzidas pela Comissão Processante, que apura denúncias de irregularidades cometidas pelo atual prefeito e que envolvem a Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento de Campinas (Sanasa).

Neste período, o presidente da Câmara, o vereador Pedro Serafim (PDT), assumirá a prefeitura. A presidência da Câmara será ocupada, por sua vez, pelo vereador Thiago Ferrari (PTB). A decisão da Câmara Municipal deverá ser publicada no Diário Oficial do Município de sexta-feira (21).

Esta é a segunda vez que o prefeito Vilagra é afastado. No dia 24 de agosto deste ano, o plenário da Câmara já tinha aprovado o afastamento, mas Vilagra recorreu à Justiça e conseguiu ficar no cargo. No entanto, uma nova decisão judicial esta semana permitiu que a Comissão Processante fosse instalada, desde que as investigações contra o prefeito se fundamentassem apenas no caso envolvendo a Sanasa.

“É preciso deixar muito claro que Demétrio Vilagra não está sendo cassado. Ele está apenas sendo afastado para que a Comissão Processante possa desempenhar seu papel fiscalizador de forma plena”, disse o presidente da Câmara.

Edição: Aécio Amado

 

Deixe um comentário