Venda de veículos novos no Brasil despenca em fevereiro, indica Fenabrave

.
Do Contas Abertas
.
carros-concessionarias-20080218-03-originalA Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgou nesta terça-feira os dados fechados das vendas em fevereiro de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. No segundo mês de 2015, foram emplacadas 185.961 unidades, o pior desempenho para o mês desde 2007, quando os negócios somaram 146,7 mil unidades. Os números ratificam os dados divulgados mais cedo com base em informações preliminares de mercado.

O número representa uma queda de 28,3% nas vendas na comparação com o mesmo mês do ano passado e de 26,7% ante janeiro. Com o resultado, as vendas somam 439,7 mil unidades no primeiro bimestre, recuo de 23,1% na comparação com igual período do ano passado.

Parte dessa queda é atribuída ao menor número de dias úteis em fevereiro deste ano (17 dias), devido ao feriado de carnaval, na comparação com o mesmo mês do ano passado (20 dias) e janeiro (21 dias). Em 2014, o carnaval foi em março.

Soma-se a isso o fim da alíquota reduzida do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) desde janeiro, o crédito mais caro e mais seletivo e a baixa confiança dos consumidores e empresários, devido á economia ruim e do ajuste fiscal em andamento pela nova equipe econômica.

Leia mais:

Queda nas vendas motiva novos cortes no setor automotivo

Volkswagen readmite 800 funcionários e greve de 10 dias acaba

Autos e leves – Considerando somente automóveis e comerciais leves, foram emplacadas 178.822 unidades em fevereiro, o equivalente a recuos de 26,68% na comparação com janeiro e de 27,28% ante um ano atrás.

Já os emplacamentos de caminhões e ônibus juntos caíram 27,93% em fevereiro ante janeiro e 46,81% frente ao mesmo mês do ano passado. Ao todo, foram licenciados 5.171 caminhões e 1.968 ônibus.

Motos e implementos – Somando motocicletas, implementos rodoviários e outros veículos, o total de emplacamentos em fevereiro chegou a 290.215 unidades, queda de 22,19% ante janeiro e de 26,18% ante um ano atrás.

Após a divulgação, a entidade reduziu sua estimativa para os licenciamentos de veículos neste ano. A expectativa para as vendas de carros e comerciais leves passou para queda de 10% em 2015, a cerca de 2,996 milhões de unidades. Para caminhões e ônibus, a previsão passou a queda de 10,12%, para 151.977 unidades.

Deixe um comentário