Vaccari não participou de esquema da Petrobras, diz o PT

.
alx_economia-sede-petrobras-rio-de-janeiro-20141212-005_originalEm nota oficial, o PT afirmou que o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, não participou do esquema de desvios de recursos da Petrobras descoberto pela Operação Lava Jato. Nesta segunda-feira, o juiz Sérgio Moro determinou a abertura de ação penal contra Vaccari e mais 26 pessoas acusadas de envolvimento no esquema.

“O secretário João Vaccari Neto não participou de nenhum esquema para recebimento de propina ou de recursos de origem ilegal destinados ao PT. Ressaltamos que o secretário Vaccari não ocupava o cargo de tesoureiro do PT no período citado pelos procuradores na ação aceita pela Justiça, uma vez que ele assumiu essa posição apenas em fevereiro de 2010″, diz a nota oficial do PT.

Ainda conforme o partido, Vaccari “repudia as referências feitas por delatores a seu respeito, pois as mesmas não correspondem à verdade”. “Ele não recebeu ou solicitou qualquer contribuição de origem ilícita destinada ao PT, pois as doações realizadas por empresas legalmente estabelecidas foram efetuadas por meio de depósitos bancários, com toda a transparência e com a devida prestação de contas às autoridades competentes, observando sempre os parâmetros da legislação eleitoral”, descreve o partido.

Por fim, a legenda ressalta que o “secretário Vaccari permanece à disposição das autoridades para todos os esclarecimentos necessários, como sempre esteve desde o início dessa investigação. E reitera que apresentará sua defesa demonstrando que as acusações que pesam contra ele não são verdadeiras.”

 

Fonte: Congresso em Foco

Deixe um comentário