Brasil  

Triplex de Lula teve reforma bancada pela OAS, diz revista

.

Petista nega ser proprietário do imóvel, mas admite que a esposa Marisa é dona de apartamento no mesmo edifício

Petista nega ser proprietário do imóvel, mas admite que a esposa Marisa é dona de apartamento no mesmo edifício

A reforma de um apartamento triplex no Guarujá, litoral de São Paulo, que pertence ao ex-presidente Lula, foi inteiramente paga pela construtora OAS, uma das investigadas por corrupção na Petrobras. É o que diz reportagem publicada neste fim de semana pela revista Veja. A publicação afirma que esta seria uma forma de a empreiteira “demonstrar afeição” ao petista.

O imóvel de três andares, avaliado em R$ 1,5 milhão, possui 297 metros quadrados. São três quartos, suíte, cinco banheiros, dependência de empregada, sala de estar, sala de TV, área de festas com sauna e piscina na cobertura. De acordo com a revista, a reforma refez o porcelanato e os acabamentos de gesso e modificou a planta interna para abrigar um escritório e um elevador privativo, interligando os ambientes do primeiro andar com a ala dos quartos no segundo nível e a área de festas na cobertura.

Segundo a revista, as obras ocorreram sob medidas de segurança suspeitas. Iniciada no dia 1º de julho de 2014, a reforma fez com que as fechaduras da porta de acesso fossem trocadas todas as semanas. A movimentação chamou a atenção dos moradores do prédio. “Nos dias em que eles marcavam para visitar a obra, a gente tinha que parar o trabalho e ir embora. Ninguém era autorizado a ficar no apartamento. Só ficamos sabendo quem era o dono muito tempo depois”, disse um dos profissionais que trabalharam na reforma.

Segundo Veja, o ex-presidente Lula esteve no local algumas vezes, mas o segredo durou até dezembro do ano passado, quando o jornal O Globo publicou detalhes de uma investigação sobre a Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop), controlada pelo PT. A entidade faliu, deixando três mil famílias sem receber seus imóveis. O triplex de Lula foi um dos poucos a serem entregues.

A reportagem afirma que o ex-presidente nega ser o proprietário do triplex, embora confirme que sua esposa seja dona de um apartamento no mesmo edifício. No papel, o triplex ainda está em nome da OAS. Segundo a revista, funcionários da empreiteira foram procurados e confirmaram que o apartamento pertence a Lula. O imóvel está completamente decorado e permanece fechado desde que o caso foi tornado público. “Para entrar aí, só com autorização da cúpula da construtora. Só eles e o Lula têm a chave”, disse um funcionário da própria OAS à revista.

 

Fonte: Congresso em Foco

Deixe um comentário