Tesouro avaliado em US$ 500 milhões é achado em templo hindu

Pesquisadores encontraram estátuas de ouro cravejadas de diamantes, além de coroas e colares.
 
Autoridades da Índia encontraram em quatro câmaras do templo hindu de Sree Padmanabhaswamy, no estado de Kerala, estátuas de ouro cravejadas de pedras preciosas, como diamantes, rubis e esmeraldas, além de coroas, colares e moedas de ouro. O tesouro foi avaliado em US$ 500 milhões (cerca de R$ 780 milhões).

De acordo com arqueólogos, o templo foi construído no século XVI, e pertencia à dinastia Travancore, que por séculos governou a região, mas perdeu todos seus poderes após a independência da Índia, em 1947. Autoridades acreditam que o tesouro foi enterrado no local por marajás da dinastia e não era tocado há pelo menos um século.

Apenas duas das quatro câmaras foram abertas até agora – com a autorização da Suprema Corte da Índia – depois que um advogado de descendentes dos Travancore questionou a propriedade do templo. O atual marajá, Uthradan Thirunaal Marthanda Varma, não é reconhecido oficialmente pelo governo indiano, e tem sido o responsável pela manutenção do templo, que já era tema de lendas na região.

A partir de agora, o governo irá administrar o local. Os Travancore se consideram servos de Padmanabhaswamy, divindade a quem o templo é dedicado, que seria um dos aspectos do deus Vishnu, um dos mais importantes no Hinduísmo.

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

 

Deixe um comentário