Temer diz não acreditar que PF armou áudio contra Cunha

TEMERO vice-presidente da República, Michel Temer, declarou não acreditar que a Polícia Federal esteja por trás das gravações de áudio apresentadas  pelo líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Candidato do partido à Presidência da Casa, Cunha disse que a gravação, com diálogo supostamente combinado, tenta ligá-lo às denúncias da Operação Lava Jato.

Deixe um comentário