TCU: relator pede rejeição das contas de Dilma

.

images_cms-image-000459316Ministro Augusto Nardes encaminhou seu voto aos demais integrantes do Tribunal de Contas da União na noite desta quinta-feira 1º; a corte deve apreciar o balanço de 2014 do governo na próxima semana e pode ou não seguir a orientação de Nardes; tribunal considera irregular a prática das chamadas ‘pedaladas fiscais’, que também foram feitas em governos anteriores; rejeição das contas é a principal aposta da oposição para tentar tirar a presidente Dilma do poder antes de 2018; resposta final, porém, caberá ao Congresso

Relator das contas do governo da presidente Dilma Rousseff referentes a 2014, o ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União (TCU), sugeriu aos colegas que rejeitem o balanço em ação que deverá ser julgada na próxima semana pela corte.

Ele encaminhou seu voto aos demais integrantes da corte no final da noite desta quinta-feira 1º. Os demais ministros podem ou não seguir o voto de Nardes.

O Tribunal de Contas considerou irregular a prática das chamadas ‘pedaladas fiscais’, registradas em 2014, mas que também foram realizadas em governos anteriores.

A rejeição das contas de Dilma pelo TCU poderá desencadear um processo de impeachment contra a presidente. A ação é a principal aposta da oposição para tentar tirar Dilma do poder antes de 2018.

O posicionamento da corte, no entanto, é independente. A resposta final sobre a aprovação do balanço do governo de 2014 caberá ao Congresso, que terá de aprovar ou rejeitar os números.

 

Fonte: Brasil 247

Deixe um comentário