Brasil  

SwissLeaks: Receita identifica mais de 7 mil contas de brasileiros na Suíça

.
ÍndiceA Receita Federal do Brasil (RFB) identificou 7.243 clientes brasileiros da filial do HSBC em Genebra, na Suíça. O órgão pretende analisar o interesse fiscal dos contribuintes entre 2011 e 2014.

A CPI do HSBC investiga suspeitas de sonegação e evasão fiscal por meio de contas de brasileiros na filial suíça do banco, caso mundialmente conhecido como SwissLeaks. Os agentes da Receita Federal estiveram  na sede da Direction Générale des Finances Publiques – DGFiP (administração tributária francesa) em Paris. Foram identificadas 8.732 contas correntes em que brasileiros são titulares na instituição suíça.

Com base nos cadastros da Receita, foi realizado um cruzamento de informações com nomes e datas de nascimento dos contribuintes. Após a apuração, 7.243 correntistas do Brasil foram selecionados com suspeita de envolvimento no caso. As denúncias apontam para o total de 7 bilhões de dólares em depósitos mantidos pelos brasileiros em contas secretas, entre 2006 e 2007.

O Brasil aparece como o quarto país em número de clientes que usam contas secretas na filial suíça do banco. A Receita vai continuar apurando os dados com intuito de identificar os 1.129 nomes restantes, encontrar grupos de contribuintes relacionados, apontar correntistas já falecidos e analisar as contas de seus eventuais herdeiros.  O órgão pretende examinar ainda possíveis práticas de crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro a partir de informações do Banco Central e do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Sabia mais sobre o SwissLeaks

 

Fonte: Congresso em Foco

Deixe um comentário