Surfando na onda digital ou se afogando nela?

Os dias de zombaria já estão no passado: hoje em dia os nerds são deuses. Amazon, Apple, Facebook, Google e Twitter estão reinventando as maneiras através das quais meros mortais conversam, leem, divertem-se, compram e vivem. Para milhares de jovens inteligentes, nada é mais legal do que passar a noite criando códigos de programação, ansiando por tornar a sua start-up na próxima sensação do mercado.

Grandes recompensas aguardam empresas que aproveitam oportunidades digitais, e o opróbrio aguarda aquelas que fracassam. Algumas estão aproveitando as oportunidades. A Burberry, uma rede de lojas de roupas de luxo britânica, adotou um figurino de TI dos pés à cabeça. Telas inteligentes instaladas dentro das lojas exibem as roupas. Empregados conversam no Burberry Chat, uma rede social interna. Isso pode explicar porque a Apple contratou Angela Ahrendts, a executiva-chefe da Burberry, para administrar as suas lojas.

Os chefes de TI estão corretos em temer o medo de ficarem para trás, mas se apegar às suas tarefas antigas e deixar que outros assumam as novas necessidades não é uma opção. A área de TI não está à beira da morte, mesmo que muitas de suas funções estejam sendo transferidas para a nuvem. No entanto, os chefes que não conseguirem se adaptar estão fadados a ficarem para trás.

 

Deixe um comentário