Supremo autoriza João Paulo Cunha a cumprir pena em prisão domiciliar

joao_paulo_cunha_editadaO ex-deputado federal João Paulo Cunha, condenado a seis anos e quatro meses de prisão no processo do mensalão, poderá cumprir o restante da pena em casa. O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou hoje  a progressão do regime.

Deixe um comentário