Supremo adia conclusão do julgamento sobre perdas com planos econômicos

AgenciaBrasil030912_EBC2040O plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu que o voto dos ministros no julgamento das ações sobre perdas no rendimento de cadernetas de poupança por causa de planos econômicos será proferido somente em fevereiro do ano que vem. Os ministros decidiram, porém, iniciar o julgamento, para que as partes envolvidas e os advogados façam a sustentação oral.

Deixe um comentário