SP – Erundina critica Lula: ‘fazer política com Maluf contamina’

A deputada federal Luiza Erundina (PSB), que abdicou de ser vice de Fernando Haddad (PT) nas eleições pela prefeitura de São Paulo, criticou nesta quarta-feira a ida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à casa do deputado federal Paulo Maluf para firmar acordo com o PP. “Conviver com essa pessoa (Maluf) não dá. Muito menos fazer política com ele. Contamina. Ele contamina qualquer processo”, afirmou Erundina.
“Você vai à residência da pessoa quando você tem amizade com ela, tem intimidade, tem respeito pela pessoa. Julgo muito sacrifício (o acordo com Maluf) por poucos minutinhos a mais de horário na TV.
É importante o tempo de televisão, mas não a ponto de sacrificar a imagem, a história”, sustentou a deputada, negando qualquer intenção de “julgar” Lula, que “deve ter suas próprias razões” para se aproximar de um adversário histórico. “Lula tem sensibilidade. Ele deve ter percebido o momento “fora” que ele deu, né?”, acrescentou.
De acordo com a ex-prefeita de São Paulo, Haddad minimizou a possibilidade de Maluf se unir à campanha. “Eu já tinha dito a inconveniência que era a aliança com Maluf, e ele minimizou a importância da aliança”, garantiu, após o ex-ministro da Educação ter afirmado que alertou a então pré-candidata a vice sobre as negociações com o PP.
“Eu e Maluf somos óleo e água. Eu até convivo com ele aqui na Câmara, ele é expansivo, aliás, expansivo até demais. Eu convivo bem com a figura, mas não com o político. Ele quer aparecer com outra forma, e não aquela em que é procurado pela Interpol.
Ele se higieniza, né? Aparecer junto na imagem, comemorando”, disse Erundina, segundo a qual o PT deu novo fôlego para Maluf. “Ele estava morto, só faltou enterrar. Ele tem preço, e só não fechou aliança com o outro lado porque não deram o que ele queria”, o que, segundo ela, era a Secretaria de Habitação do Estado.

Fonte: votebrasil.com

Deixe um comentário