Sob tensão, PSDB adia prévias para esperar Serra

Após um encontro que durou três horas e que foi marcado pela tensão, a executiva municipal do PSDB decidiu adiar as prévias do partido para as eleições municipais de São Paulo para o dia 25 de março. A consulta interna esta prevista para o próximo domingo, 4.

Leia também: FHC diz que Serra volta ‘com força’ Leia também: PT revê alianças após Serra anunciar candidatura

A decisão, que ocorreu após o ex-governador José Serra ter oficializado sua intenção de entrar na corrida eleitoral em São Paulo, não agradou outros dois pré-candidatos, José Aníbal e Ricardo Trípoli, que eram contra o adiamento das prévias.

A entrada de Serra na disputa já havia sido aprovada por unanimidade pela cúpula do PSDB. O prazo formal para ser inscrever nas prévias do partido terminou no dia 14 de fevereiro.

Uma ‘palhaçada’

Durante o encontro na noite desta terça-feira, 28, houve gritos e confusão. O vice-presidente do PSDB-SP, João Câmara, disse que o resultado da reunião era uma “palhaçada” e que a culpa da desunião era de Serra.

“Se Serra quisesse, ele tinha tempo hábil para ter se inscrito nas prévias. Às vésperas do pleito ele põe o nome dele e impõe como condição adiar para o dia 25. Para ele ter mais tempo para quê? Ele tem é medo das massas. Serra veio para rachar o partido”, ressaltou Câmara.

Deixe um comentário