Senado vai ouvir ex-diretores da Previ sobre dossiês

Por Renata Camargo – congressoemfoco.com.br

Oposição faz Sendo convidar corregedor da Receita, além de Sérgio Rosa e Gerard Santiago, para tratar de supostos dossiês feitos pelo PT.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (11) requerimento para ouvir o ex-gerente Executivo da Previ (fundo de pensão dos servidores do Banco do Brasil) Gerardo Santiago e o ex-presidente do fundo Sérgio Rosa. Eles serão ouvidos para prestar esclarecimentos sobre denúncias sobre a montagem de dossiês contra opositores do governo. Segundo o ex-gerente, a Previ se tornou uma “fábrica de dossiês”.

“A previ tornou-se um braço direito, ou diria esquerdo, de um grupo do PT, e quando nós esperávamos uma chamada dura de atenção do presidente Lula, nós apenas ouvimos que são meninos aloprados, como se fossem adolescentes pichando o muro. Espero que possamos dar um freio a essa máquina de produzir dossiês”, disse a autora do requerimento, senadora Kátia Abreu (DEM-TO).

A oposição aprovou com folga o convite para a oitiva de Gerardo e Sérgio Rosa. Da base aliada, apenas o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) estava presente e foi contrário à aprovação do requerimento, mas não teve força política para impedir a oitiva. O senador Pedro Simon (PMDB-RS), também favorável ao convite, criticou a ausência dos parlamentares do PT na comissão.

Os senadores da oposição conseguiram também aprovar um convite para ouvir o corregedor da Receita Federal, Antonio Carlos Costa D’ávila, para prestar esclarecimentos sobre a quebra de sigilo fiscal dos dados do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge. O requerimento é de autoria do senador Alvaro Dias (PSDB-PR).

Deixe um comentário