Sem acordo em SP, PSD se junta a “Aezão” no Rio

.
Fonte: Brasil 247
.
images_cms-image-000378059
.
Diretório do partido de Gilberto Kassab confirmou apoio à reeleição do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e ao pré-candidato tucano à Presidência Aécio Neves; “A gente consolida hoje o Aezão”, disse o líder do governo na Alerj, deputado André Corrêa (PSD-RJ); ele também ironizou o acordo feito entre o PT de Lindbergh Farias e o deputado federal Romário (PSB-RJ), correligionário de Eduardo Campos: “é uma suruba geral”; em SP, partido ainda não fechou aliança

Em convenção estadual no Rio de Janeiro, o PSD de Gilberto Kassab confirmou na manhã deste sábado, apoio à reeleição do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e ao pré-candidato tucano à Presidência Aécio Neves. Também foi confirmado o apoio do partido ao nome do ex-governador Sérgio Cabral para o Senado.

“A gente consolida hoje o Aezão, o PSD está unido em torno do Aécio e do Pezão”, disse o líder do governo na Alerj, deputado André Corrêa (PSD-RJ). Ele também ironizou o acordo feito entre o PT de Lindbergh Farias e o deputado federal Romário (PSB-RJ), correligionário de Eduardo Campos: “é uma suruba geral”.

Em São Paulo, o PSD continua em ‘cima do muro’. O partido ainda não decidiu quem vai apoiar na disputa pelo governo do Estado. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) cedeu a vice de sua chapa para o PSB, mas ainda sonha com aliança com Kassab. Por outro lado, ex-prefeito mantém conversas com Paulo Skaf (PMDB).

Deixe um comentário