Brasil  

Sedes da Copa de 2014 terão R$ 5 bi para mobilidade

Por Mário Coelho – congressoemfoco.com.br

As 12 cidades sede da Copa do Mundo de Futebol de 2014 terão uma linha de financiamento de R$ 5 bilhões para investir em projetos de mobilidade. A informação foi dada pelo ministro das Cidades, Márcio Fortes, em audiência pública na Câmara nesta terça-feira (6). “A mobilidade é responsabilidade do governo local, mas já temos essa linha de investimento inicial”, disse o ministro.

Segundo o ministro, as cidades deverão escolher os tipos de transporte, elaborar os projetos e encaminhar à pasta. Até o momento, os mais discutidos são o metrô, o veículo leve sobre trilhos (VLT) e corredores únicos para ônibus. Para Fortes, um dos quesitos principais é saber a viabilidade financeira das obras de transporte.

Inicialmente, os projetos devem contemplar o trajeto entre o aeroporto e o estádio onde haverá os jogos, além de ligar à rodoviária e à rede hoteleira. Também, de acordo como ministro, deveriam passar pelos fun fests – locais onde são instalados telões para as pessoas que não podem pagar ingresso acompanharem os jogos.

De acordo com um levantamento elaborado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), o país precisaria investir aproximadamente R$ 54,8 bilhões em obras de transporte público, em diferentes modais. A Fifa, entidade que rege o esporte no mundo, recomenda que haja meios de transporte até as arenas onde acontecerão as partidas.

Com aproximadamente quatro anos e meio para a Copa, o Ministério das Cidades ainda não recebeu os projetos. De acordo com o ministro, a pasta está conversando com os técnicos de cada cidade. Após terminar esse processo, haverá discussão com prefeitos e governadores sobre a viabilidade financeira e técnica de cada proposta. “O importante é respeitar o cronograma”, disse Fortes.

A audiência, que durou mais de três horas, foi promovida em conjunto pelas comissões de Fiscalização Financeira e Controle, de Turismo e Desporto, e de Desenvolvimento Urbano da Câmara.

Deixe um comentário