Quem foi mesmo que detonou Eduardo Cunha?

images_cms-image-000446684Em novo artigo, a colunista Tereza Cruvinel explica por que não fica de pé a teoria da conspiração levantada pelo deputado Eduardo Cunha, dando conta de que o Palácio do Planalto estaria por trás das denúncias que o atingiram. Com base no vídeo do depoimento de Júlio Camargo, o juiz Sergio Moro deixa claro que a reinquirição foi feita a pedido de Fernando Baiano.

Deixe um comentário