Qual o poder legítimo da Igreja?

“Todo o poder emana do povo”, dispõe a Constituição,  um conceito que as pessoas reconhecem como válido. Numa extensão indevida dessa mesma ideia, muitos creem que também na Igreja deva ser assim: o poder decidido no voto e a maioria deliberando sobre o que interessa ao povo de Deus.

Deixe um comentário