PT vai pedir quebra de sigilo de Perillo, diz líder

Por Mario Coleho – congressomefoco.com.br

O líder do PT na Câmara, Jilmar Tatto (SP), informou nesta terça-feira (12) que o partido vai pedir a quebra dos sigilos bancário e fiscal do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). Para o petista, Perillo não conseguiu explicar suas relações com o bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, nem os detalhes da venda de sua casa em um condomínio de Goiânia. O tucano presta depoimento na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira desde às 10h30 de hoje.

Tudo sobre a CPI do Cachoeira Leia outros destaques de hoje no Congresso em Foco

“Ele falou, falou, falou e não disse nada. Ele não explicou nada. Será muito importante quebrar os sigilos bancário e fiscal do governador”, disse Tatto. Para o petista, somente as informações prestadas por Perillo do período de venda da casa no condomínio Alphaville. De acordo com o governador de Goiás, a venda foi no valor de R$ 1,4 milhão pagos em três cheques. No depoimento à CPMI, o tucano disse que não há contradições sobre o negócio feito no ano passado.

CPMI adia quebra de sigilo do governador de Goiás

Deixe um comentário