PT vai à Justiça e ao MP contra vídeo em que Lula apoia Marina

.
O presidente do PT, Rui Falcão, anunciou nesta quinta-feira (28) que a campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) à reeleição vai protocolar representações na Justiça e no Ministério Público (MP) por conta de um vídeo em que o ex-presidente Lula aparece manifestando apoio a Marina Silva, presidenciável do PSB. O vídeo está na internet.

De acordo com a campanha petista, trata-se de um vídeo “manipulado criminosamente” porque Lula apoia “exclusivamente” Dilma Rousseff. De acordo com a campanha, “o vídeo foi editado de forma a ludibriar quem o assiste, montado a partir de um vídeo original em que Lula pede votos para a candidata Marina Sant’Anna, que disputa uma cadeira no Senado pelo PT-GO”.

“Queremos botar um freio, deter esse tipo de campanha com a qual nos deparamos hoje. É um vídeo grosseiramente fraudado e que infelizmente traz marca oficial da campanha de candidata do PSB e coligação”, disse Falcão, acrescentando que o PT não está atribuindo a autoria do “vídeo fraudado” a nenhum partido ou candidato.

A coordenação da campanha de Dilma já pediu ao YouTube, canal do Google, a exclusão do vídeo. Na Justiça eleitoral, a assessoria jurídica da candidata petista vai alegar propaganda eleitoral irregular. Ao Ministério Público, vai pedir a abertura de inquérito criminal por falsidade ideológica de cunho eleitoral.

Caso o vídeo não seja retirado do ar, a assessoria pretende propor ação civil por violação de direito autoral e direito de imagem. Com a representação, o Tribunal Superior Eleitoral poderá determinar a retirada do vídeo e o responsável.

Veja o Vídeo

Fonte: Congresso em Foco

Deixe um comentário