PT teme que punição da Lava Jato ‘inviabilize’ funcionamento do partido

.
timthumb.phpUma reportagem do jornal Folha de S.Paulo revelou que a cúpula do PT teme que os desdobramentos da Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras, acabem por “inviabilizar” ou até mesmo cassar o registro da legenda.

Dirigentes do PT disseram à Folha que foram informados de que o partido deve sofrer sanções financeiras estipuladas por instâncias judiciais para ressarcir os cofres públicos em função do esquema de desvios de dinheiro da Petrobras.

A sigla estaria se preparando para uma multa de “valores astronômicos”, algo entre US$ 150 milhões e US$ 200 milhões — valores recebidos pelo PT de propina entre 2003 e 2013, segundo Pedro Barusco, ex-gerente da Petrobras.

O Ministério Público pedirá punições aos partidos envolvidos no esquema de corrupção da Petrobras, mas ainda não há informações detalhadas. Por enquanto, os pedidos de punições estão restritos a políticos e dirigentes partidários.

Petistas afirmam que a multa “destruirá” o partido, uma vez que a fonte de arrecadação “secou”. Algumas empreiteiras, que são o principal alvo da Lava Jato, já estão com dificuldades financeiras. A participação da agremiação no fundo partidário também pode ficar comprometida. O PT recebeu no ano passado cerca de US$ 25 milhões de fundo partidário.

 

Fonte: Opinião&Notícia

O pacote anticorrupção apresentado em março pela Procuradoria-Geral da República prevê multa, suspensão e até mesmo cassação do registro do funcionamento de partido envolvido com desvio de dinheiro público. O pacote, no entanto, ainda precisa ser aprovado no Congresso.

Deixe um comentário