PT e PMDB fecham acordo em torno do nome de Hélio Costa para disputar governo de Minas

Iolando Lourenço
Da Agência Brasil

Brasília – O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, anunciou há pouco a composição da aliança do PMDB com o PT para a disputa do governo de Minas Gerais. O senador Hélio Costa, do PMDB, será o candidato a governador e o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT) formará a chapa como candidato ao Senado Federal.

Segundo Dutra, as pesquisas apontavam equilíbrio entre os dois nomes na preferência do eleitorado mineiro e, com a aliança, os dois partidos fortalecem também o palanque governista para a disputa presidencial . “Sabemos que não será uma eleição fácil, mas temos uma chapa com grandes chances de vitória. A construção de um palanque único em Minas era importante para ajudar Dilma Rousseff [pré-candidata do PT à presidência da República].” Dutra informou ainda que as conversas, agora, se darão entre os dois partidos para definir os candidatos a vice-governador, este indicado pelo PT, e à outra vaga ao Senado.

O presidente nacional do PMDB, Michel Temer (SP) afirmou que este momento tem uma “simbologia muito forte” para a aliança nacional dos dois partidos. O presidente regional do PT, deputado Reginaldo Lopes (MG), afirmou que, a partir de agora, o partido vai “todo unificado no apoio à chapa Hélio Costa/Fernando Pimentel”.

A decisão sobre a chapa foi anunciada após reunião das principais lideranças das duas legendas. A reunião ocorreu na sala que a presidência do PMDB ocupa na Câmara dos Deputados, em Brasília.

Edição: Vinicius Doria

Deixe um comentário