PT aprova apoio a condenados no mensalão

Por Mario Coelho – congressoemfoco.com.br

O PT aprovou neste sábado, durante o 5º Congresso Nacional do partido, uma resolução prevendo apoio aos petistas condenados no processo do mensalão. Pelo texto, os réus – José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares e João Paulo – foram condenados sem provas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A proposta foi aprovada sob pressão do Palácio do Planalto, que não quer prejuízo à campanha de reeleição da presidenta Dilma Rousseff. O congresso foi encerrado hoje.

O texto da resolução diz que o PT “resolve apoiar todas as iniciativas e ações da militância petista, dos movimentos sociais, de personalidades e da sociedade civil em favor da reparação das injustiças e ilegalidades cometidas contra os companheiros condenados no julgamento da Ação Penal 470″. Uma parte dos petistas, em especial a corrente Trabalho, defendia um movimento para anular o julgamento do mensalão.

Para a sugestão da corrente não ser aprovada, a Construindo um Novo Brasil (CNB), que possui o maior número de filiados dentro do PT, apresentou um texto alternativo. De acordo com O Estado de S. Paulo, a CNB elaborou uma proposta oferecendo apoio às iniciativas em favor dos “companheiros condenados”. No entanto, o documento desobriga o partido a fazer uma campanha pública contra o julgamento.

Segundo a Folha de S. Paulo, o texto aprovado não cita os nomes dos condenados no processo do mensalão. O documento, redigido hoje pelo deputado Ricardo Berzoini (PT-SP), critica a imprensa e a oposição por tentar “criminalizar o PT”. Em discurso durante o congresso, Berzoini afirmou que o partido precisava se unir em torno da resolução mais moderada. Ele reforçou a tese de que não houve mensalão nem compra de votos no início do primeiro mandato do ex-presidente Lula.

Além de tratar do mensalão, também era esperado que os petistas começassem a discutir as alianças para 2014. A ideia inicial era que os palanques estaduais fossem definidos de acordo com as necessidades da campanha para reeleição de Dilma. Porém, os petistas acabaram adiando o debate para março de 2014.

Leia mais sobre o mensalão

Deixe um comentário

Um comentário para “PT aprova apoio a condenados no mensalão”

  1. Quer apostar que ainda vão conseguir indenização por terem sido presos?

    Acha que Joaquim, Lula e estes canalhas não agiram de caso pensado?

    Todos do mesmo lado! Digo visando vantagens; CPI no Brasil é engodo!

    Enquanto não tiver fim a lei de imunidade e o foru privilegiado nada vai mudar!

    Se os três poderes, e a classe politica, não estivesse repleta de oportunistas, hipócritas, demagogos, desavergonhados e embusteiros, a lei de imunidade já teria sido abolida!

    Notem como a lei de imunidade e o foru privilegiado estão totalmente na contra mão de direção da constituição e da dita democracia!

    Segundo a constituição, todo poder emana do povo, todo cidadão tem direitos iguais perante a lei e a justiça, e em uma democracia deve prevalecer o direito e a vontade da maioria. Se é assim, como pode esta minoria desavergonhada manter tais privilégios para acobertar suas falcatruas e corrupções?

    Por estas e outras podemos ver as contradições nesta lei obsoleta, criada pelos imperialistas escravocratas, que não aceitavam ser julgados da mesma maneira que o cidadão comum!

    Veja se nos EUA existe esta lei de imunidade para acobertar corruptos!

    Por isso, os políticos brasileiros deixam a educação sucateada, a intenção é manter a população brasileira mal formada e desinformada!

    Conheça o abaixo assinado pelo fim da imunidade.

    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Janciron
    Leia, e se estiver de acordo assine a ajude a divulgar!