PSDB cobra dossiê de Dilma

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

O senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, reagiu às críticas da candidata Dilma Rousseff. Guerra aceitou o desafio de Dilma de trazer o debate ético para a campanha eleitoral. Ele cobrou da ex-ministra que esclarecesse o “dossiê dos aloprados”, o mensalão do PT e a biografia do tesoureiro do partido, João Vaccari Neto.

Como Dilma questionou a competência de Serra à frente do Ministério do Planejamento no primeiro governo de Fernando Henrique Cardoso, os tucanos saíram em defesa de seu pré-candidato. O PSDB, por meio de Guerra, criticou o Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC. Ele afirmou que o programa é uma versão piorada do Avança Brasil, que começou a ser desenvolvido na gestão de Serra, batizado de Brasil em Ação.

“Esse conceito, completamente correto e estratégico, foi abandonado pelo populismo eleitoral do PAC da ministra, que não tem nem cronograma nem realização; só tem propaganda”, afirmou Guerra.

Deixe um comentário