Brasil  

Projetos sobre divórcio, vereadores e gays são os mais comentados no Senado

Fonte: congressoemfoco.com.br
Serviço ‘Alô, Senado’ recebe mais de 1 milhão de contatos em 2009, 71% a mais do que no ano passado
A central de atendimento do Senado recebeu 1,16 milhão de mensagens este ano, 71% a mais do que as 684 mil de 2008. O serviço “Alô, Senado” recebe questionamentos e comentários sobre a Casa, os senadores e os projetos de lei em andamento.
De acordo com o balanço da Secretaria de Pesquisa e Opinião Pública (Sepop), entre as propostas mais comentadas de 2009, estão o projeto que criminaliza a discriminação contra homossexuais (PL 122/06), a PEC que facilita a concessão dos divórcios (PEC 28/09) e a PEC dos Vereadores, que já se tornou lei e aumentou o número de vereadores para as próximas eleições municipais, impondo um limite de gastos mais rigoroso.

Mensagens recebidas pelo ‘Alô, Senado’
*Dados coletados até outubro. Fonte: Secretaria de Pesquisa e Opinião Pública (Sepop) do Senado
Se a quantidade de mensagens seguir o mesmo ritmo até dezembro, a central de atendimento receberá 1,4 milhão de comentários até o fim do ano, o dobro do registrado em 2008.
A diretora da Sepop, Ana Lucia Novelli, credito o aumento no número de mensagens à maior participação da sociedade nas atividades políticas e parlamentares. “É necessário ter mecanismos para aproximar o cidadão dos parlamentares, sem que esse vínculo seja apenas a cada quatro anos, em período eleitoral. A população está atenta ao que ocorre no Congresso Nacional e como as decisões interferem no cotidiano”, disse ela à Agência Senado.
Serviço ‘Alô, Senado’
Por telefone: 0800-61-2211, de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h.

Deixe um comentário