Procurador-geral da República arquiva representações contra Palocci

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, arquivou as representações contra o ministro Antonio Palocci. A alegação é de que para abertura de inquérito, “é imprescindível que a notícia aponte a existência de elementos, ainda que mínimos, da prática de algum crime”.

Deixe um comentário