Presidente do PT diz que campanha eleitoral começará com Dilma e Serra empatados

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), José Eduardo Dutra, disse hoje (18) no Rio de Janeiro que os pré-candidatos à Presidência da República Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) devem começar a campanha, em julho, empatados na preferência dos eleitores. Segundo ele, é o período de campanha, entre julho e outubro, que vai definir a eleição.

“A mudança nas pesquisas [de opinião] se dá em questão de fatos que acontecem em campanha. Como nenhum dos dois está em campanha, já que você não pode fazer comício, carreata, passeata. E é claro que a presença do presidente Lula na campanha será um bom reforço [para a Dilma]. O fundamental é que a candidatura de Dilma está consolidada como uma campanha viável”.

Dutra afirmou ainda que está otimista quanto ao apoio do Partido Progressista (PP) à campanha de Dilma. “Hoje existe uma maioria dentro do PP, em termos de diretório, pró-Dilma. Estamos trabalhando na expectativa de que o PP venha integrar a coligação. Mas é um campo em disputa, porque o PSDB também tem intenções nessa direção”.

O presidente do PT afirmou também que os candidatos de seu partido subirão ao palanque, no Rio de Janeiro, de dois candidatos a governador: Sérgio Cabral (PMDB) e Anthony Garotinho (PR).
 

Edição: Rivadavia Severo

Deixe um comentário