Presidente do PSB diz que maioria da bancada apoia impeachment

.
Do Congresso em Foco
.
carlos-siqueira1O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, afirmou nesta terça-feira (22) que a maioria dos representantes do partido no Congresso apoiará um eventual pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.  “Há uma tendência bastante forte de que se o impeachment chegar ao plenário da Câmara ele será aprovado também pela nossa bancada”, afirmou Siqueira.

O dirigente se reuniu hoje com as bancadas do PSB na Câmara e no Senado. A maioria dos deputados e senadores do partido decidiu, segundo ele, deixar a postura de independência em relação ao governo e migrar oficialmente para a oposição. A mudança será submetida por ele à Executiva Nacional, à qual caberá a palavra final sobre o assunto, na semana que vem. A bancada do partido no Congresso é composta por 34 deputados e seis senadores.

“Entendemos que é um governo moribundo, temos que encontrar um meio de o país não sangrar por muito tempo”, declarou o presidente do PSB. Além dele e dos parlamentares, também participaram do encontro desta terça os governadores Rodrigo Rollemberg (DF), Paulo Câmara (PE) e Ricardo Coutinho (PB).

A bancada do PSB também decidiu votar contra a recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), proposta enviada hoje ao Congresso Nacional pelo Executivo na tentativa de diminuir o déficit orçamentário. “Ninguém aprova a CPMF”, afirmou Siqueira.

Ex-coordenador da campanha de Eduardo Campos, morto em desastre aéreo em agosto do ano passado, quando concorria à Presidência, Carlos Siqueira assumiu a presidência do PSB em outubro do ano passado. Ele sucedeu no cargo a Roberto Amaral, ex-ministro de Ciência e Tecnologia no governo Lula, que decidiu não participar das eleições depois que a legenda decidiu apoiar, em segundo turno, o presidenciável Aécio Neves (PSDB).

No primeiro turno, Carlos Siqueira deixou a secretaria-geral do partido após se desentender com a então candidata Marina Silva, que passou de vice a cabeça de chapa após a morte de Campos. Desde o segundo turno, o presidente do PSB tem defendido maior aproximação do partido com o PSDB.

Mas há resistências internas. Próximo ao PT, Roberto Amaral já deu declarações públicas, recentemente, contra a possibilidade de impeachment da presidente. Na avaliação dele, qualquer tentativa nesse sentido configura um “golpe”.

Deixe um comentário

2 comentários para “Presidente do PSB diz que maioria da bancada apoia impeachment”

  1. ⇒ João Cirino Gomes disse:

    Realidades que a mídia e os pelegos dissimulados ganham para acobertar, distorcer e esconder!
    Existem três tipos DE PETISTAS; tem um tipo que se aproveitou da ingenuidade dos idiotas e se tornou bilionário.
    Outro tipo são os miseráveis, que estão presos em currais eleitorais, e são considerados “asnos”, pois carregam seus ídolos nas costas em troca de bolsa capim!
    E temos os petistas idiotas e tapados, que estão sendo manipulados, e vivem bancando os ridículos, dizendo fora Dilma, fora PT, fora Lula, fora comunismo; mas votaram candidatos de partidos aliados ao PT, ajudaram eleger candidatos do PT, ajudaram fortalecer o PT e o comunismo, e nem sabem disso.
    Por isso, a educação esta sucateada, e retiraram a matéria OSPB que ensinava o eleitor votar, do currículo escolar.
    E os políticos aliados ao PT continuam pedindo impeachment, se fazendo de oposição, na intenção de ludibriar a população.
    Celso Russomano, Tiririca, e todos os puxadores de votos de partidos aliados ao PT, ajudaram eleger candidatos do PT, fortalecer o PT, o comunismo e o foru de São Paulo, inclusive Bolsonaro, o pior de todos, pois na teoria fala uma coisa, mas na pratica faz outra.
    Bolsonaro tem 25 anos de vida publica, portanto não agiu na inocência; tem quatro aposentadorias, exerce vários cargos ao mesmo tempo, tem bateladas de mordomias, e em seus 25 anos de vida publica, não tem um único projeto de lei aprovado para beneficio da pátria, dos seus eleitores desinformados, ou dos militares que diz representar!
    Se somarmos os proventos do Bolsonaro, vai ultrapassar quinhentos mil reais mensais! E para que serve este tipo de político? Para fazer vídeos com fanfarronices, e usar a imagem dos militares em campanha política fora de época, como se isso não fosse crime?
    Este fanfarrão que se diz representante dos militares, também teme a intervenção, pois sabe que os militares não serão coniventes com estes embustes!
    E graças aos votos deste fanfarrão e dos outros puxadores de votos, o PT elegeu seus deputados; e agora tem maioria em plenário, votando e aprovando toda lei e emenda que são do interesse petista e seus aliados!
    Em um país sério; jamais seria aceitável a retirada da Matéria OSPB que ensinava o jovem votar do currículo escolar, e depois obrigar o eleitor votar; sem ao menos informar, que os partidos aliados dividem votos e cargos entre eles.
    Existe conivência desde então; pois não é possível tanta ignorância! E houve fraude nas unas? Sim, mas só no segundo turno; no primeiro da forma que esta, com 90% dos partidos aliados ao PT nem precisava!
    Mesmo com a educação sucateada, os internautas podem se informar! Acordem para a realidade.
    Os 90% dos partidos, e dos candidatos que se aliaram ao PT sabiam que seus votos ajudariam eleger candidatos do PT, portanto também ajudaram criar este monstro, que esta destruindo a Nação e extorquindo a população!
    E agora só com a intervenção teremos Ordem e Progresso para todos; indiferente de cor, raça, religião, ou classe social!

  2. ⇒ João Cirino Gomes disse:

    Impeachment? Eu já assisti a este filme.

    Se a casa esta repleta de ratos, que adianta retirar apenas uma ratazana, que depois pode voltar para nos roubar, igual ocorreu com Color de Melo?

    E ainda tem quem pensa que impeachment vai resolver alguma coisa. Lógico quem fala em impeachment são os políticos corruptos que temem ter que devolver os valores surrupiados; temem perder suas varias e injustas aposentadorias, os vários cargos que exercem ao mesmo tempo, as mordomias que tem à custa do povo, e os pelegos parasitas, que estão sendo pagos com verbas publicas para manipular os simplórios!

    Impeachment é lutar em vão, é fazer buraco na água!

    Só com intervenção e o fim da lei de imunidade, teremos justiça social e justa distribuição de rendas!

    Vejam se nos EUA existe lei de imunidade. Existe nada!

    Assista ao vídeo na pagina do abaixo assinado pelo fim da imunidade, e comprove!
    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=Janciron