“Político brasileiro parou no tempo”, diz presidente do Ibope

.

Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, o presidente do Ibope, Carlos Augusto Montenegro, afirmou que “enquanto o eleitor evoluiu, o político brasileiro parou no tempo”.

Montenegro disse ainda que nunca tinha visto o povo brasileiro tão enojado com os políticos e a própria política.

“Se não houvesse voto obrigatório, 60% da população não compareceria às urnas”, ressaltou Montenegro, que disse ainda que “a reforma política é vital para o futuro do País e para a democracia”.

Em relação ao possível impacto da Copa do Mundo nas eleições, o presidente do Ibope disse que “o ambiente está tão ruim que, dependendo do desempenho do Brasil na Copa, esse humor pode piorar. Se o Brasil ganhar, esse mau humor pode melhorar um pouco. Mas não acho que a Copa vai ser determinante”.

 

Deixe um comentário