Plínio Arruda Sampaio é o pré-candidato do P-SOL à Presidência da República

Flávia Villela
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro –  O Partido Socialismo e Liberdade (P-SOL) escolheu Plínio Arruda Sampaio como pré-candidato à Presidência da República neste sábado (10), durante a 3ª Conferência Nacional, realizada na Casa do Estudante Universitário da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O candidato goiano Martiniano Cavalcante, apoiado pela presidente nacional do partido, Heloísa Helena, não compareceu ao encontro em protesto, e o ex-deputado federal Babá retirou sua candidatura em favor de Plínio Sampaio, eleito por unanimidade pelos 90 delegados presentes.

Os partidários de Martiniano organizaram um evento paralelo à conferência. Eles alegam que o processo de votação utilizado descrendenciou diretórios de alguns estados que tinham maioria a favor de Martiniano.

Com a vitória, Plínio Arruda Sampaio disse que o próximo passo é unificar o partido. “Houve uma divisão que não acredito ser definitiva, mas sim a paixão do embate, do momento. Em seguida faremos um esforço para reeditar a frente de esquerda e definir nosso programa de campanha, como a reforma agrária e urbana. E acabar com a especulação imobiliária, para encerrar de vez com tragédias como a que estamos vendo aqui no Rio.”

Plínio Arruda Sampaio é promotor público aposentado e presidente da Associação Brasileira de Reforma Agrária (Abra). Foi três vezes deputado federal, secretário de estado e professor da Fundação Getulio Vargas (FGV). Em 2006, candidatou-se ao governo de São Paulo pelo P-SOL, e ficou em quarto lugar.

A convenção vai até amanhã (11), quando serão definidos os principais pontos programáticos e a política de alianças.

Edição: Andréa Quintiere

Deixe um comentário