PGR investiga Cunha e afeta a disputa na Câmara

.

: .
Favorito para assumir a presidência da Câmara dos Deputados, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) deve entrar na lista de denunciados com foro privilegiado que será enviada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal no início de fevereiro; ele foi citado na Lava Jato por um funcionário do doleiro Alberto Youssef; Cunha nega envolvimento e se diz tranquilo sobre inquérito, mas o caso deve ser explorado por seus adversários Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Julio Delgado (PSB-MG) na disputa pela presidência da Câmara dos Deputados; também envolvido no caso, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) deverá se livrar das investigações

Citado como beneficiado do esquema de Alberto Youssef, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), favorito para assumir a presidência da Câmara dos Deputados, será alvo de uma investigação pedida pelo Ministério Público Federal ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Deixe um comentário