Petistas maranhenses acabam com a greve de fome

Iolando Lourenço
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os dois petistas maranhenses – deputado Domingos Dutra e Manoel da Conceição – em greve de fome deste a última sexta-feira, em protesto pela decisão do diretório nacional do PT de intervir no diretório local para que os petistas apóiem a reeleição da governadora Roseana Sarney (PMDB), terminaram hoje com o protesto. Eles tiveram que ser socorridos por médicos do posto médico da Câmara dos Deputados e de ser firmado um acordo liberando o apoio a outra candidatura.

Os petistas, que estavam no plenário da Câmara, passaram mal durante a madrugada e foram levados para o posto médico, onde receberam os primeiros socorros. O deputado tomou soro e foi liberado, já Manoel da Conceição teve que ser transferido para o hospital Incor. Os dois chegaram ao serviço médico inconscientes pela manhã e após tomarem soro recuperaram suas consciências.

Pelo acordo firmado, a ala petista maranhense que apóia o deputado Flávio Dino (PCdoB) ao governo do Estado não precisará apoiar a reeleição de Roseana.

O deputado Domingos Dutra disse, após deixar o serviço médico da Câmara, que agora eles não terão que fazer campanha para a atual governadora e poderão apoiar outra candidatura dentro do rol de alianças do PT.
 
Edição: Rivadavia Severo

Deixe um comentário