Saúde  

Pesquisa: vacina contra o câncer encolhe 70% dos tumores

timthumb.phpA imunoterapia vem ganhando espaço no tratamento de câncer. O método aplica vacinas que estimulam o sistema imunológico a combater tumores. Uma das vacinas mais promissoras até agora foi desenvolvida pela empresa MBVax, que já a aplicou em 70 pessoas com câncer avançado. O resultado foi surpreendente: 70% dos tumores encolheram e 20% entraram em remissão.

O método utiliza a Streptococcus pyogenes, a bactéria que causa a doença escarlatina, e a Serratia marcescens, que contém um estimulante do sistema imunológico conhecido como prodigiosina. As bactérias mortas ativam o  sistema para que ele lute contra o tumor.

Essa técnica não é inovadora e vem sendo utilizada, inclusive com a S.Pyogenes, desde o século passado. Agora, tecnologia de ponta vem sendo usada para criar novas terapias. Uma pesquisa das universidades de Stanford, Califórnia e Massachusetts conseguiu capturar imagens de como o sistema imunológico de um rato respondeu ao tratamento de um câncer de pulmão. Eles conseguem verificar se o tumor está crescendo ou encolhendo, de forma detalhada. Antes disso, os pesquisadores não conseguiam ver o que ocorria no corpo, então eles eram incapazes de identificar por que algumas terapias não funcionavam.

A questão é que nem sempre as culturas de células observadas em laboratório conseguem imitar o que ocorreria de fato no corpo. Nesse sentido, a microscopia vem desempenhando um papel importante. Um trabalho do Instituto Pasteur, em Paris, conseguiu observar as interações das células tumorais e imunológicas em animais vivos a partir de imagens de um microscópio multifotônico. O alcance deste equipamento é oito vezes maior do que os microscópios normais. Uma outra pesquisa, das universidades de Manchester e de Sidney, usam microscópios com lasers infravermelhos. As imagens tem uma super resolução, e podem detectar o momento exato de contato das células imunológicas com a dos tumores.

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Deixe um comentário