Mundo  

Países desenvolvidos aumentam a idade efetiva de aposentadoria

A crise que afeta os países desenvolvidos parece refletir agora na aposentadoria da população. O fato pode ser comprovado pela crescente pressão para elevar a idade efetiva de aposentadoria em muitos países da Europa e Ásia. A medida tem como objetivo reduzir de 20% a 25% as pensões dos futuros aposentados.

Na última sexta-feira, 3, o governo espanhol prometeu à União Europeia dificultar as aposentadorias antes dos 67 anos, como forma de garantir o corte de € 102 bilhões nas contas públicas até o fim do ano. Segundo o jornal El País, Mariano Rajoy deu sinais de que pretende elevar a idade efetiva de aposentadoria na Espanha e fazer disso uma das prioridades do governo espanhol. Somente este ano o governo de Rajoy já gastou € 102 bilhões com seus aposentados, ou 10% do PIB.

No Japão, país cuja população envelhece rapidamente, parlamentares aprovaram na semana passada uma lei que aumenta a idade de aposentadoria obrigatória de 60 para 65 anos. A lei também visa reduzir os custos da aposentadoria.

Na Itália, a partir de 2013, a idade de aposentadoria passará a ser vinculada à expectativa de vida, que está em 79 anos. O mesmo fará a Dinamarca em 2020, elevando a idade de aposentadoria para 69 anos.

França nada contra a maré

No sentido oposto, o novo governo socialista de François Hollande reduziu para 60 anos a idade de aposentadoria para pessoas que começaram a trabalhar aos 18 anos e contribuíram durante todo o período previsto pela lei (41 anos). Com isso, Hollande desfaz a reforma de 2010 feita pelo governo conservador do ex-presidente Nicolas Sarkozy, que aumentaria de 60 para 62 a idade de aposentadoria na França. O restabelecimento da aposentadoria aos 60 anos deverá contemplar quase 110 mil pessoas em 2013.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) afirmou que a maioria dos países desenvolvidos começou a elevar a idade de aposentadoria ou planeja fazer isso em breve.

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Deixe um comentário