Paes admite desejo de concorrer ao Planalto

.
images_cms-image-000459668Prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), disse que “ninguém aguenta mais essa dualidade, esse jogo de se ele está lá, eu aqui serei oposição para matar”; em entrevista ao jornalista Jorge Bastos Moreno, no programa “Preto no branco”, do Canal Brasil, ele não descartou a possibilidade de disputar a Presidência da República pelo PMDB, depois de afirmar preferir que o candidato do partido à sucessão de Dilma seja o vice-presidente Michel Temer

Disse que “ninguém aguenta mais essa dualidade, esse jogo de se ele está lá, eu aqui serei oposição para matar”. “Hoje, essa dualidade entre o PT e o PSDB, esse ódio, sangue na boca e veneno permanente fazem com que eles estejam incapazes, os dois partidos, de construir uma coalizão para permitir o avanço do país”, acrescentou.

Ele deixou em aberto a possibilidade de ser candidato, embora afirme que prefere Michel Temer. ‘Enfim, se for para ser… Mas, de verdade, eu penso no momento, porque isso não pode ser um negócio sofrido’, falou.

 

Fonte: Brasil 247

 

Deixe um comentário