Oposição entra com duas representações contra Lula e Dilma no TSE

Por Rodolfo Torres – congressoemfoco.com.br

O DEM entrou nesta segunda-feira (3) com duas representações no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o presidente Lula e a pré-candidata do PT ao Palácio do Planalto, Dilma Rousseff.

Na primeira, a sigla oposicionista pede que Lula, Dilma e a Central Única dos Trabalhadores (CUT) sejam multados em R$ 25 mil. Essa representação será relatada pelo ministro auxiliar Henrique Neves.

A legenda de oposição acusa o presidente de fazer campanha antecipada para Dilma durante evento realizado no sábado (1º), em comemoração ao Dia do Trabalhador. 

O DEM sustenta que o discurso de Lula projetou Dilma, mesmo que de forma subliminar, ao destacar que não é possível “consertar os erros de quinhentos anos apenas em oito anos”. “É preciso mais tempo, mas é preciso que tenha seqüenciamento”, afirmou Lula.

Em relação a Dilma, a oposição sustenta que, em seu discurso, a petista “proferiu palavras de cunho eleitoral ao comparar o atual governo com a gestão passada”. Por fim, a CUT foi uma das centrais que organizou o evento na capital paulista.

Na segunda representação, o presidente é acusado de fazer campanha para Dilma Rousseff em seu pronunciamento em cadeia de rádio e TV no último dia 29 de abril.

Na ocasião, o petista afirmou que seu modelo de governo “está apenas começando”. “Algo me diz fortemente em meu coração que este modelo vai prosperar. Sabe por quê? Porque este modelo não me pertence: pertence a vocês, pertence ao povo brasileiro, que saberá defendê-lo e aprofundá-lo, com trabalho honesto e decisões corretas.”

“Sob o pretexto de divulgar os ‘feitos’ do atual governo e saudar os trabalhadores do Brasil, o que fez o primeiro representado foi mais uma propaganda em favor da representada Dilma Vana Roussef ao afirmar que ‘este modelo de governo está apenas começando’; que ‘este modelo vai prosperar’; que, para continuar crescendo, ‘é preciso que a gente continue tomando as decisões certas, nas horas certas’; que o Brasil tem ‘um povo maduro que sabe escolher'”, afirma a representação do DEM.

O tribunal ainda não informou quem será o relator dessa representação, nem qual o valor da multa a ser cobrada.

Multas

Lula já foi multado duas vezes pelo TSE neste ano. A corte considerou que o presidente fez campanha antecipada para Dilma em discurso feito em maio, durante inauguração do complexo poliesportivo de Manguinhos, no Rio de Janeiro, em obra oficial do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

A segunda multa trata de outro discurso, datado de janeiro passado, durante a inauguração do Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de dados de São Paulo.

Deixe um comentário