Mundo  

Oposição anuncia recompensa de US$ 1,7 milhão para quem ajudar a capturar Khadafi

Internacional
Agência Lusa

Brasília – A oposição na Líbia anunciou hoje (24) que pagará aproximadamente US$ 1,7 milhão para quem prestar informações e der pistas que levem à captura do líder líbio, Muammar Khadafi. A recompensa será paga se Khadafi for encontrado vivo ou morto.

O valor da recompensa foi sugerido por empresários e pelo Conselho Nacional de Transição (CNT) – órgão que tem funcionado como governo paralelo no país.

O presidente do conselho, Mustafa Abdeljalil, avisou ainda que será concedida anistia ampla a todos os parentes e amigos de Khadafi que colaborarem para a captura do líder. “O regime de Khadafi só estará acabado no momento em que ele for capturado vivo ou morto”, disse ele.

Segundo Abdeljalil, as tropas leais a Khadafi mantêm os ataques de dentro do complexo residencial do líder líbio, no bairro de Bab Al Aziziya, em Trípoli. “Vão continuar a disparar até que Khadafi seja capturado”, disse. “O comportamento [do líder líbio] nos faz temer uma catástrofe”, acrescentou.

Na segunda-feira (22), Abdeljalil havia dito que a expectativa era que Khadafi fosse capturado vivo. “Esperamos que Muammar Khadafi seja capturado vivo para que possa ter um julgamento justo”, disse ele.

 

Deixe um comentário