Brasil  

O empresário que virou o ‘príncipe do PAC’

Um levantamento da Ong Contas Abertas mostrou que nos últimos dez anos uma empreiteira, a Delta Construção, recebeu nada menos do que R$ 4 bilhões só em obras contratadas pelo governo federal, o que foi decisivo para que o faturamento da empresa desse um salto de R$ 67 milhões para R$ 3 bilhões no mesmo período.

Com bons relacionamentos mantidos com gestores públicos, o presidente do conselho de administração da Delta, Fernando Cavendish, transformou-se no “príncipe do PAC” ao conseguir para a sua empresa a grande maioria dos contratos de infraestrutura do Programa de Aceleração do Crescimento, lançado pelo governo federal em 2007.

No Rio, R$ 100 milhões só em aditivos

Quem também parece gostar muito dos serviços da Delta é o governo do Rio de Janeiro. Ainda segundo levantamento da Ong Contas Abertas, o governo fluminense repassou à empreiteira R$ 450 milhões entre 2002 e 2011. A Delta é disparada a construtora que mais ganhou licitações no estado neste período.

Do governo do Rio a Delta Construção recebeu R$ 53 milhões para a execução de projetos sem licitação. Além disso, quase R$ 100 milhões entraram nos cofres da empresa por meio de aditivos em contratos com o governo fluminense desde o início do primeiro mandato do governador Sérgio Cabral até 2010.

Deixe um comentário