Nunca se chegou tão perto de punir os corruptores

images_cms-image-000396609Sob a batuta do juiz Sergio Moro, Paulo Roberto Costa delatou a maior empreiteira do País, a Odebrecht, que lhe pagou uma propina de US$ 23 milhões. Com isso, a empresa de Emílio e Marcelo Odebrecht concorre para ser a primeira da fila a ter seus responsáveis presos como corruptores. “Não há brechas para nulidades”, diz um dos investigadores do caso.

Deixe um comentário