Número de consumidores inadimplentes cai 0,4% de dezembro para janeiro, indica Serasa

Flávia Albuquerque
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – O número de consumidores inadimplentes caiu 0,4% em janeiro deste ano ante dezembro. Na comparação com janeiro de 2011, no entanto, houve crescimento de 16,6%, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor. Segundo os economistas da empresa de consultoria, o consumidor utilizou parte do décimo terceiro salário para pagar dívidas. Além disso, a redução dos juros e da inflação ajudou a dar um fôlego no orçamento familiar.

Segundo os dados, a redução do indicador foi puxada pela queda das dívidas com os bancos, (-2,3%) e da inadimplência com os cheques sem fundos (8,1%). Já as dívidas não bancárias cartões de crédito e com financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica e água) e os títulos protestados, com crescimento de 3,5% e 16,9%, respectivamente, contribuíram para que a inadimplência do consumidor não caísse ainda mais.

Em janeiro de 2012, todas as modalidades da inadimplência apresentaram alta no valor médio das dívidas. No caso da inadimplência não bancária, houve aumento de 65,8%. O valor médio dos cheques sem fundos subiu 13,3%; dos títulos protestados, 4,2%; e das dívidas com bancos, 0,1%.

Edição: Juliana Andrade

Deixe um comentário