MPF considera horas extras da Câmara ilegais

1182_Congresso-NacionalAs horas extras pagas pela Câmara a funcionários sem concurso, os secretários parlamentares e ocupantes de cargos de natureza especial (CNE), são irregulares. Esta é a opinião do Ministério Público Federal (MPF), que chegou a enviar uma recomendação à Casa pedindo para que sejam revistas as normas que permitem o pagamento .

Deixe um comentário