Mundo  

Ministro francês afirma que situação é grave e euro pode explodir

Para Leonetti, na medida do possível, as discussões para resolver a crise da dívida da Eurozona devem acontecer entre os 27 países que integram a União Europeia (UE).

Paris – “A situação é grave, o euro pode explodir”, advertiu nesta quinta-feira (7) o ministro francês de Assuntos Europeus, Jean Leonetti.

“A Europa pode desabar, o que seria uma catástrofe, não apenas para a Europa e para a França, mas para todo o mundo”, declarou o ministro em entrevista ao Canal Plus, horas antes do início em Bruxelas de uma reunião de cúpula considerada decisiva.

Para Leonetti, na medida do possível, as discussões para resolver a crise da dívida da Eurozona devem acontecer entre os 27 países que integram a União Europeia (UE).

Mas França e Alemanha não descartam um acordo entre os 17 países da zona do euro, caso os Estados que não utilizam a moeda única não desejem uma associação.

Leonetti também criticou as agências de classificação financeira.

“Me irritam um pouco. Antes atuavam em função de critérios econômicos e financeiros, agora usam critérios políticos”, disse o ministro.

Deixe um comentário