Marinor: “Peluso privilegiou um corrupto”

A senadora disse ter estranhado o fato de o presidente do STF, César Peluso, ter decidido “unilateralmente” em favor de Jader Barbalho, em um primeiro momento tornado inelegível com base na Lei da Ficha Limpa, parlamentares do PMDB foram ao tribunal interceder em favor de Jader.

Deixe um comentário