Marina: Serra e Dilma extrapolam lei eleitoral

Por Edson Sardinha – congressoemfoco.com.br

A pré-candidata do PV à Presidência, senadora Marina Silva (AC), disse que o tucano José Serra e a petista Dilma Rousseff afrontam a legislação eleitoral e fazem campanha política fora de época. Em entrevista à rádio CBN, Marina afirmou que a decisão do PV de apagar seu nome das faixas de apoio à pré-candidatura do deputado Fernando Gabeira, lançada ontem, ao governo do Rio não teve motivação política. O deputado tem o apoio do PSDB no estado. “Gabeira disse reiteradas vezes que está conosco”, ressaltou a pré-candidata.

Segundo ela, o objetivo do partido ao excluir seu nome foi respeitar a legislação eleitoral. “Foi uma orientação de quem está entendendo a legislação e não quer extrapolar”, afirmou. A pré-candidata lembrou que virou alvo de uma representação do Ministério Público Eleitoral por causa de um ato de que participou no Rio Grande do Norte. Uma faixa afixada na Assembleia Legislativa do estado trazia a foto da senadora com a frase: “Marina é a cara do Brasil”.

A senadora afirmou que não tinha conhecimento da propaganda, mas que estará mais precavida de agora em diante. “Estou aguardando para saber mesmo se involuntariamente nós estamos extrapolando.”

De acordo com Marina, os 12% atribuídos a ela na pesquisa Datafolha divulgada no último sábado mostram que a eleição presidencial deste ano não será plebiscitária, entre a petista e o tucano. “O Brasil está cansado dessa história, que toda vez fica uma guerra entre o vermelho e o azul”, declarou.

Ainda na entrevista, a senadora defendeu a realização das reformas política, tributária e trabalhista e disse que votaria hoje a favor da lei de responsabilidade fiscal e do Plano Real. Nos anos 90, a senadora, então no PT, votou contra essas propostas. “Eu digo que foi um erro não termos avaliado que havia um ganho com o Plano Real”, disse. A pré-candidata disse não ver problema em ter mudado de opinião. “Quando mudo de opinião, não é por conveniência, mas por convicção”, ressaltou. 

Marina foi a terceira pré-candidata à sucessão presidencial entrevistada pela CBN. A ex-ministra da Casa Civil Dilma Rousseff e o ex-governador de São Paulo José Serra já falaram à rádio por cerca de uma hora.
 

Deixe um comentário