Manchetes dos principais jornais do dia 04 de abril

O Estado de S. Paulo

Senado pede passaporte especial para pastor

O Senado pediu ao Ministério das Relações Exteriores um passaporte especial para o chefe da Igreja Internacional da Graça de Deus, pastor Romildo Ribeiro Soares, mesmo sem o evangélico exercer qualquer tipo de atividade parlamentar. O documento foi solicitado no dia 21 de dezembro, com prazo de validade de um ano, segundo o Itamaraty.

Conhecido como R. R. Soares, o pastor é cunhado do bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus. Ambos são tios do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ). A ficha de concessão do passaporte, como apurou o Estado, mostra que foi Crivella quem solicitou o documento à Coordenação de Atividades Externas do Senado (Coatex).

Procurado, o senador não quis dar explicações sobre o pedido. “Prefiro não comentar nenhum assunto deste tipo, prefiro que o Itamaraty comente”, disse. “Escreva aí que o senador prefere não comentar”, sugeriu. O bispo R. R. Soares também foi procurado, mas não respondeu à ligação.

Bem avaliada, Dilma vai ao teatro, elogia peça, mas ignora mensalão

Perto de completar 100 dias na Presidência e descontraída com os resultados das últimas pesquisas, a presidente Dilma Rousseff surpreendeu na noite de sábado ao aparecer no meio da plateia de um espetáculo de teatro em Brasília. De forma discreta, com poucos seguranças e sem carro oficial, Dilma esteve no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) para ver o monólogo A Lua Vem da Ásia, estrelado pelo ator Chico Diaz e baseado em livro do escritor Walter Campos de Carvalho.

Bancada sindical do Congresso é a maior da história

A bancada trabalhista na atual legislatura é a maior da história: 87 parlamentares ou 15% do Congresso. São 80 deputados e 7 senadores ligados a sindicatos. Com esse quadro, a presidente Dilma Rousseff precisará negociar com o setor mais do que fizeram seus antecessores.

“Não é uma ex-sindicalista, mas teremos boa relação”

O deputado e presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), vê melhora nas relações entre o governo Dilma e o movimento sindical, após embate sobre o reajuste do salário mínimo. “Embora não seja o governo de uma ex-sindicalista, teremos uma boa relação, com potencial para muitas conquistas”, diz.

O sr. vê diferenças na relação com o governo Dilma, em comparação com o governo Lula?
As relações eram ruins, mas têm melhorado. Na briga do mínimo, viram que não adiantava ficar naquela confusão com as centrais e os parlamentares ligados a nós.

“Empresários” são quase metade do Congresso

Não é apenas a bancada sindical que cresceu na atual legislatura. Quase metade dos congressistas eleitos em 2010 é de proprietários de estabelecimento comercial, industrial ou dono de grandes fazendas, segundo levantamento feito em outubro pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). É a maior bancada empresarial dos últimos 20 anos, pelo menos. Em 2006, foram eleitos 219 empresários. De lá para cá, o número subiu para 273 – crescimento de 25%.

Indio anuncia entrada no PSD de Kassab

O ex-deputado Indio da Costa, que disputou a vice-presidência da República na chapa de José Serra (PSDB) indicado pelo DEM, anunciou ontem à tarde, pelo Twitter, que vai participar da criação do PSD. “Vou para o PSD fazer política moderna, independente, sem rancores, por um Brasil melhor. Levo comigo os valores que sempre defendi”, escreveu. A criação da nova legenda vem sendo articulada pelo prefeito paulistano Gilberto Kassab, que, como o ex-deputado, se desligou do DEM.

Sem mandato, Indio se disse “absolutamente tranquilo” para se engajar na criação do PSD. Ele afirmou ter cogitado entrar no PPS ou no PSDB – , “bons partidos”, segundo ele -, mas notícias sobre uma possível fusão dessas siglas com o DEM teriam feito o ex-deputado mudar de ideia.

PIB mostra aceleração no primeiro trimestre

Com mercado de trabalho aquecido, forte demanda interna e recuperação da indústria, a economia brasileira mostrou vigor nos três primeiros meses do ano. Apesar dos esforços do governo para conter a inflação. O ritmo dos negócios manteve-se intenso. Economistas ouvidos pelo Estado em sete dos maiores bancos e consultorias do País projetam alta de 0,7% a 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre de 2011 em relação ao quarto trimestre de 2010, descontados efeitos sazonais. O que mostra aceleração ou, no mínimo, manutenção do crescimento.

Presidente do Iêmen admite deixar o poder

O presidente iemenita, Ali Abdallah Saleh, declarou que está disposto a negociar uma “transferência política do poder” e pediu à oposição o fim dos protestos. Duas pessoas morreram e 100 ficaram feridas ontem durante confronto entre manifestantes e policiais.

Após massacre, ONU pressiona Costa do Marfim

A ONU e líderes mundiais pediram explicações ao presidente eleito da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, sobre o massacre de 800 pessoas, atribuído a seus partidários. O atual governo recusa-se a deixar o poder. Soldados franceses ocuparam o aeroporto da capital.

O GloboLicença para obra de Angra 3 reduz exigências ambientais

Uma alteração – ainda inexplicável – tirou do texto final da licença para a construção de Angra 3 a obrigação de a Eletronuclear assumir a manutenção do Parque Nacional da Serra da Bocaina e da Estação Ecológica de Tamoios. As duas exigências, que constavam da primeira licença (de 2008), eram uma compensação ambiental pelos riscos que a usina representa para a região. Pelo texto original, a Eletronuclear teria de repassar ao Instituto Chico Mendes, que administra os parques, R$ 13 milhões em cinco anos, mas nada aconteceu e a cláusula foi suprimida. Também não saiu do papel a exigência de que fosse construída uma estrada entre Paraty e Cunha, para servir de rota de fuga em caso de acidente. O ex-ministro do Meio Ambiente Carlos Minc, que lutou pela inclusão das exigências no documento, ficou surpreso com as mudanças. A Eletronuclear alega que a obrigação continua valendo e será cumprida, mesmo se não consta mais da nova licença. Na Alemanha, ONGs ambientalistas enviaram cartas a autoridades do país pedindo que desistam de financiar a construção de Angra 3.

Desmatamento do cerrado tem queda de quase 50%

Levantamento inédito do Ibama mostra que caiu quase pela metade o movimento de destruição do cerrado. A taxa anual de desmatamento, que entre 2002 e 2008 era de 14.000 km2 (o dobro do registrado na Amazônia), caiu para 7.637 km2 de 2008 a 2009.

Os dados do Ibama mostram que, por ano, a destruição do bioma equivale a 0,37% dos 2,03 milhões de hectares do cerrado. Antes o percentual era de 0,69%. O bioma ocupa um quarto do país e se espalha por doze unidades da federação.

Em extensão e biodiversidade, o cerrado é o segundo maior bioma da América do Sul, perdendo só para a Amazônia. Nele nascem as três principais bacias hidrográficas do país: a Amazônica (Araguaia-Tocantins), a do Paraná-Paraguai e a do São Francisco.

MST inicia invasões para atingir governo

O MST deu início ao “Abril Vermelho” com invasões em três fazendas da Bahia no fim de semana. O movimento de sem-terra queixa-se da falta de diálogo com o governo Dilma e ameaça aumentar pressão com a invasão de 100 propriedades ainda em abril. O Incra diz que diante do corte no Orçamento este ano, os programas de reforma agrária estão sendo reavaliados.

ONU denuncia massacre na Costa do Marfim

A ONU acusou ontem soldados dos dois presidentes em luta pelo poder na Costa do Marfim pelo massacre de centenas de civis na cidade de Duekoue. A organização católica Cáritas fala em até mil mortes. O presidente eleito Alassane Ouattara nega a acusação.

Filho de Kadafi manobra para liderar transição

Após duas semanas de bombardeio da coalizão internacional, o filho mais ocidentalizado do ditador líbio Muamar Kadafi, Seif, está propondo liderar a transição à democracia, diz o “New York Times”.

Apreensão de remédio ilegal cresce 20 vezes

O governo está fechando cerco aos remédios ilegais no país. Em 2010, foram apreendidas 400 toneladas de medicamentos falsificados, contrabandeados e adulterados. Em 2008, foram 20 toneladas. Os anabolizantes estão entre os mais vendidos.

Sem papo para telefone

A popularização dos torpedos por celular e das mensagens instantâneas pela internet levou não só adolescentes, como também muitos adultos, a desenvolverem uma aversão aos telefones. Os gastos dos consumidores com ligações estão caindo.
Correio Braziliense

Agredidos dentro de casa

Ameaças, intimidações, tapas e empurrões… tudo feito pela própria família. A violência contra idosos chega anualmente a 120 mil agressões segundo o IBGE, a maioria pelos parentes da vítima. Dona Edna teve de recorrer à polícia devido aos constantes ataques de sua nora, que insiste em expulsá-la da residência comprada pela senhora de 75 anos.

Caixa de Pandora: Bandarra tenta provar inocência

Acusado de vazar informações de operações do Ministério Público para Durval Barbosa e de tentativa de extorsão ao ex-governador Arruda, entre outros crimes, ex-procurador-geral de Justiça do DF sustenta que não existem provas contra ele e se diz vítima de um delator processado pelo próprio MP.

Rebelião no Caje: Nove feridos no confronto

Dez agentes tentaram conter a revolta de 20 garotos que se recusaram a voltar para as celas depois da visita das mães. A manifestação foi contida pouco minutos depois, mas os estragos já tinham sido feitos: seis agentes e três internos machucados.

Trânsito: Piratas agem livres e sem se preocupar com punição

Sem agentes e sem viaturas para fiscalização, DFTrans vê despencar o número de multas e apreensões de veículos que fazem o transporte clandestino de passageiros. Para piorar, liminares favorecem os que são flagrados agindo na irregularidade. Em Valparaíso (GO), a situação é crítica.

Costa do Marfim tomada pelo terror

Soldados da ONU controlam aeroporto de Abidjan, mas o confronto entre partidários do presidente Gbagbo e do líder eleito Ouattara continua intenso.

Air France acha peças do Voo 447

Dois anos depois da queda do avião que ia para Paris, submarinos robôs encontram mais destroços e agora procuram as caixas-pretas da aeronave.

Deixe um comentário