Lula diz que Serra fingiu sofrer agressão

Fonte: opiniaoenoticia.com.br

Lula afirmou que Serra recebeu telefonema de algum assessor da publicidade da campanha, que o sugeriu para parar de caminhar e por a mão na cabeça para criar um factoide.

O presidente Lula considerou a agressão sofrida pelo candidato à presidência José Serra uma “mentira descarada”. Ele disse ter visto imagens do incidente, ocorrido nesta quarta-feira, 20, em Campo Grande, e falou que Serra foi atingido por uma bolinha de papel, e não um rolo de adesivos, como havia sido dito. As declarações foram feitas durante rápida entrevista coletiva nesta quinta-feira, 21.

Desmentindo a versão de que José Serra se machucou na confusão provocada por militantes do PT e do PSDB, o presidente Lula afirmou que o tucano seguiu caminhando por 20 minutos após ter sido atingido, quando recebeu um telefonema “de algum assessor da publicidade da campanha, que o sugeriu para parar de caminhar e por a mão na cabeça para criar um factoide”.

As críticas do presidente foram além. Ele chegou a comparar o candidato tucano ao ex-goleiro Roberto Rojas, que, em 1989, fingiu ter sido atingido por um foguete no Maracanã, suspendendo a partida entre Brasil e Chile pelas eliminatórias. Para Lula, “o dia de ontem deve ser chamado de o Dia da Farsa, o Dia da Mentira”.

Deixe um comentário