Lula diz que PT precisa de renovação

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva analisou em sua coluna no The New York Times, publicada nesta terça-feira, 16, a mensagem que a juventude brasileira quer passar com os protestos que tomaram as ruas do país desde junho. Para Lula, o PT precisa responder ao clamor das ruas com renovação e melhorar a comunicação com os movimentos sociais.

Ele diz que as manifestações são o reflexo de um esforço para aumentar o alcance da democracia e um estímulo para encorajar a população a participar dela de forma plena. Os movimentos são resultado de um cenário de sucessos na política, no social e na economia, principalmente na última década, em que houve redução da pobreza e da desigualdade.

“É completamente natural que os jovens, principalmente aqueles que estão obtendo coisas que seus pais nunca tiveram, desejem mais”. E continua: “Eles querem que melhore a qualidade dos serviços públicos. (…) Agora, o transporte público deve ser eficiente para tornar a vida nas grandes cidades menos difícil”.

Política mais limpa e transparente

Para Lula, a preocupação dos jovens não é meramente material. Segundo ele, os jovens desejam instituições políticas mais limpas e transparentes. O ex-presidente falou também sobre a importância dos partidos políticos e da necessidade de uma constante interlocução com a população.

“Eles querem interação diária com os governos locais e nacionais, participar de decisões políticas. (….) Em suma, eles querem ser ouvidos”. Além disso, o ex-presidente defende o uso das mídias sociais como instrumento para interação com os grupos organizados politicamente ou não e enviou recado para o PT.

“Mesmo o Partido dos Trabalhadores, que ajudei a fundar e que tem contribuído muito para modernizar e democratizar a política no Brasil, precisa de profunda renovação”. Lula falou que o partido precisa recuperar a relação diária com os movimentos sociais e oferecer novas soluções para novos problemas, tratando os jovens sem paternalismo. “É uma boa notícia que os nossos jovens querem lutar para garantir que a mudança social continue em um ritmo mais intenso”, escreveu Lula.

O ex-presidente ainda elogiou as respostas que o governo Dilma deu aos movimentos, como a proposta de realizar um plebiscito em prol da reforma política, além de anunciar pactos nacionais pela educação, saúde e transportes públicos. E finalizou mandando um recado à juventude: “Mesmo quando você está desanimado com tudo e com todos, não desista na política. Participe! Se você não encontrar em outros o político que você procura, você pode achá-lo em si mesmo.”

Deixe um comentário