Lula critica “omissão” e cobra ofensiva do governo e do PT por Petrobras

.
Por Edson Sardinha – congressoemfoco.com.br
.
DilmaLulaRicardoStuckertO ex-presidente Lula cobrou do governo e do PT reação mais intensa às denúncias que envolvem a Petrobras. Em entrevista a um grupo de blogueiros, em São Paulo, Lula disse que os petistas não podem repetir os mesmos erros que cometeram na CPI dos Correios, que investigou o mensalão, em 2005. Na ocasião, segundo o ex-presidente, o partido perdeu-se em disputas internas e não se uniu para enfrentar a disputa política com a oposição.

“O governo tem de ir para a ofensiva e debater esse assunto com muita força. A gente não pode ficar permitindo que, por omissão nossa, as mentiras continuem prevalecendo. Temos de defender com unhas e dentes aquilo que achamos que é verdadeiro, os fatos concretos”, declarou.

O ex-presidente fez uma comparação entre o atual momento e o da maior crise de seu governo, quando o Congresso apurou as denúncias do mensalão. Para ele, o PT precisa demonstrar agora que aprendeu como passado. “Espero que o PT tenha aprendido a lição do que significou a CPI do Mensalão. Essa CPI deixou marcas profundas nas entranhas do PT. Se tivesse feito o debate político, e não esperasse a solução jurídica, a história seria outra”, afirmou.

Marca nas costas

“Como é possível que uma CPI que começou investigando R$ 3 mil numa empresa pública (Correios) presidida pelo PMDB, com um cara do PTB investigado, terminou no PT? Não houve por parte do PT a sabedoria de fazer o enfrentamento político por causa das divergências internas. O PT sabe que essa marca vai ser carregada por muito tempo nas nossas costas”, acrescentou.

Para Lula, a oposição trabalha para enfraquecer a Petrobras de olho nas eleições de outubro.

“Uma das razões pelas quais nascemos era pra combater esses equívocos que o PT muitas vezes comete. A elite nunca foi condescendente com a esquerda, e a esquerda sempre foi condescendente com a elite. Sempre que ela pode, ela foi pra cima. É assim no mundo inteiro. Precisamos aprender a fazer disputa política. Às vezes, somos ingênuos.”

Ele lembrou que, em 2009, ainda no seu governo, enfrentou um pedido de CPI da Petrobras no Congresso. Na ocasião, a estatal provocou polêmica com diversos veículos de comunicação ao publicar, antes mesmo da publicação da reportagem, as perguntas enviadas à assessoria de imprensa pelos jornalistas. “Por exemplo, cadê o blog da Petrobras, que foi tão importante em 2009?”, questionou Lula. “As pessoas precisam voltar a levantar a cabeça e brigar de verdade”, acrescentou.

O ex-presidente concede entrevista na sede do Instituto Lula, em São Paulo, a um grupo de oito blogueiros. Acompanhe ao vivo

Leia ainda:

“Não sou candidato. Minha candidata é Dilma”, diz Lula ao negar “boataria”

Mais sobre Petrobras

Mais sobre eleições 2014

Deixe um comentário